sobre


fuckyeahsubversivekawaii
Esse blog foi criado no dia primeiro de janeiro de 2013. Eu tinha outro blog, Pernície, que manti de 2009 a 2012. O que significa praticamente meu ensino médio inteiro e ele foi muito proveitoso! <3 Mas de alguma maneira, ele não me representava mais na minha fase atual. Não sei dizer o por quê, mas eu simplesmente não me identificava mais com ele. De modo que eu o "fechei", e decidi criar outro blog, o Luna Is The Queen. Ou God Save the Queen - Ou não. Não me importa o título.

A url é obviamente uma brincadeira. Eu gosto de brincar que sou uma rainha, porque eu sempre gostei da temática em si, mas isso não quer dizer que eu ache que sou mais importante do que todo mundo na face da terra. Eu acredito que somos todos rainhas e reis de nós mesmos, dos nossos universos que criamos para nós, para que fosse possível suportar o mundo em que vivemos. Mas é apenas uma brincadeira.

Esse blog é obviamente feminista e apóia a causa negra, LGBT, trans*, pessoas com deficiência, entre outras. Eu tendo a ser muito severa e rude com pessoas racistas ou misóginas, e eu tenho uma paciência muito limitada no que se refere a esses assuntos. Coisas como Orgulho Hetero apenas me fazem perder qualquer fé na humanidade e eu julgo como babaca qualquer pessoa que concorde com essas coisas. Eu não tenho nenhum problema em chamar tais pessoas de babacas, muito menos em mandar essas pessoas se foderem. Não peço desculpas pelo meu comportamento, porque eu julgo que o Google está aí, e o bom senso também. Não sou obrigada a ouvir merda misógina de ninguém. Google it!

Sobre a minha pessoa em particular: eu tenho vinte anos, nasci no Rio de Janeiro, morei minha vida toda no interior da Bahia e atualmente resido em Juiz de Fora, Minas Gerais, para fazer Bacharelado Interdisciplinar de Artes e Design na UFJF. Não, não vou te explicar o que é isso.

Leonina, lua em Escorpião, cisgênera, bi/pansexual, atéia (com profunda aversão às religiões monoteístas), escritora de fanfics de Harry Potter, parda, deficiente auditiva, fã de Christina Aguilera e Brown Eyed Girls, formada em técnico de informática pelo IFBA (mas não me peça para consertar seu computador), pretende ser ilustradora um dia e, se pudesse, não seria um ser humano, e sim uma ninfa ou algo legal assim.

1 comentário:

  1. eu "achei" teu blog super sem querer, por um compartilhamento no facebook, e cara... Eu simplesmente te achei perfeita nas suas argumentações, defendendo suas convicções que super concordo e ja te achei linda só por seres assim *-* hihi

    ResponderEliminar

Se você for amor, tome um chá, sente no sofá, tire uma soneca, fique à vontade que a casa é tua. Se você não for amor, inclusive sendo homofóbico, misógino, transfóbico, racista, etc., eu excluirei sua postagem. Sim, porque aqui é ditadura da minoria e as pessoas que me amam e/ou me lêem não são obrigadas a lerem sua merda. Então pense duas vezes :)